Erisipela: Conheça essa doença que ataca a pele dos membros inferiores

erisipela tratamento causas cura o que e

Você pode já ter ouvido falar da erisipela, ou até mesmo conhecê-la por outros nomes como zipra, esipra, zipla e maldapraia. Tudo quer dizer a mesma coisa, uma doença que atinge a pele, principalmente os pés e a parte inferior das pernas.

Caso você ainda não tenha ouvido falar, ou sabe pouco a respeito dessa enfermidade, descubra agora o que ela é. Neste texto, você vai ter a oportunidade de entender o que é a erisipela. Confira nos próximos tópicos!

Erisipela: O que é?

A erisipela é uma infecção cutânea, ou seja, que atinge a pele, nas suas partes inferiores, principalmente na região próxima aos pés, a canela, o tornozelo, mas também pode atacar qualquer outra parte do corpo. Esta é uma infecção não contagiosa que ocorre pela penetração da bactéria Streptcoccus pyogenes em um ferimento na pele. O código da erisipela no cadastro de doenças e transtornos da medicina é o CID 10 A46. Ele é dividido de acordo com a gravidade da doença.

Essa infecção, causada por bactérias, gera vermelhidão no local, inchaço, dor e febre no paciente. Ela é muito confundida com a celulite infecciosa que é uma doença mais grave que a erisipela, pois ataca profundamente os tecidos e os órgãos do corpo humano. A erisipela vai apenas na superfície da pele, não aprofunda na parte interna do organismo.

Sintomas

Alguns dos sintomas da erisipela são:

  • Forte vermelhidão em uma área específica
  • Bolhas na pele
  • Náuseas e vômito
  • Febre
  • Calafrios

E além disso, caso apareçam bolhas nos pés ou pernas, ínguas na virilha podem surgir também com um aumento da temperatura no local afetado.

Qual o tratamento para erisipela?

Por ser uma infecção, o tratamento da erisipela é feito com base no uso de medicamentos antibióticos. Durante cerca de uma semana o paciente toma regularmente os remédios e, normalmente, se cura após isso. Os remédios mais usados são a amoxicilina, a cefalexina, a penicilina, a ampicilina e a cefradina. Todos esses são antibióticos.

Em casos mais graves, quando a doença se transforma na erisipela bolhosa, esses antibióticos são injetados na veia para fazer um efeito mais rápido. Isso porque neste caso da infecção, surgem bolhas de até 10 centímetros na região afetada e é necessário a injeção para evitar a propagação das bolhas e da doença para o resto do corpo.

Em situações extremas, pode ser indicada também uma cirurgia. Esse procedimento ocorre quando a erisipela ataca vários tecidos de forma rápida e se espalha. A cirurgia retira o tecido infectado para que a bactéria não se espalhe por outras partes do corpo.

Leia também sobre Micose: Quais são as causas? Como tratar?

prevencao erisipela cura tratamento

Tem tratamento caseiro?

Existem alguns tratamentos caseiros para a erisipela. O problema é que alguns pacientes fazem apenas o tratamento alternativo, um perigo. Pois assim a enfermidade pode crescer e se desenvolver em outras partes.

Se você quiser fazer o tratamento caseiro, faça-o em conjunto com o tradicional receitado pelo médico especialista. Entre os tratamentos caseiros estão o repouso da parte infectada em uma região acima do restante do corpo. Por exemplo, colocar a perna infectada em uma cadeira que é mais alta que o sofá que o paciente está deitado.

Além do repouso, é indicado caminhadas leves pela casa para fazer o sangue circular e ajudar na recuperação da área infectada. O paciente também pode fazer compressas de água gelada nas feridas e tem que beber muita água e outros líquidos saudáveis.

Tem cura?

Com sete dias após o tratamento feito por antibióticos, seja via oral ou venosa, a erisipela é curada. Pode ser que dure uns dias a mais ou a menos, mas a média é de sete dias, mesmo para a infecção mais grave.

Pode matar?

A celulite infecciosa pode matar. Já a erisipela é uma infecção que atinge a superfície da pele. Por isso é muito difícil que ela penetre e ataque outros órgãos e cause a morte do paciente. Até ela chegar a esse nível já deu tempo suficiente para fazer o tratamento e se livrar da bactéria.

A erisipela é uma doença simples, fácil de ser tratada e rápida de ser curada. O necessário é a vontade e a responsabilidade do paciente para tomar os remédios no horário certo e seguir as indicações do médico para agilizar a cura dessa enfermidade. Tudo depende do paciente para que o resultado seja positivo.

Agora que você já sabe tudo sobre a erisipela e seus tratamentos, compartilhe este texto com seus amigos e familiares.

0 Compart.

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *