Excesso de pelos: Entenda melhor esse problema que afeta a autoestima!

Mulher com Excesso de pelos

Pelos corporais podem ser bonitos e até mesmo ajudar a proteger o organismo, como é o caso das sobrancelhas que ajudam a evitar que o suor escorra para os olhos, contudo algumas pessoas desenvolvem uma quantidade exagerada de pelos e por vezes em regiões desagradáveis. Em um mundo cada vez mais preocupado com a estética corporal, o excesso de pelos pode ser um problema.

Nesse artigo falaremos um pouco mais a respeito do crescimento excessivo de pelos pelo corpo e das maneiras que você pode controlar isso, caso seja um problema pra você. Acompanhe:

Excesso de pelos nas pernas

Bastante característico no sexo masculino, os pelos nas pernas não são tão agradáveis para as mulheres, que culturalmente possuem o habito de removê-los, deixando a pele lisa. Contudo algumas não ligam para isso e deixam os pelos crescerem livres, tudo é uma questão de escolha e preferência.

Até mesmo alguns homens, que possuem nos pelos um dos fatores que caracterizam o sexo,  não gostam do excesso de pelos nas pernas e também adotam métodos para se ver livre deles. Para aqueles que se sentem incomodados com esse tipo de pelo, os métodos de solucionar o problema são diversos.

A remoção dos pelos das pernas é feita mais comumente com ajuda de uma lâmina de barbear, e apesar de ser uma solução que dura pouco, fazê-la é pratico e rápido, podendo a ação ser realizada como parte dos hábitos de higiene durante o banho.

Na virilha

Existem pelos que não possuem motivos para estarem onde estão, um desses locais é a virilha. O excesso de pelos nessa região pode inclusive acarretar problemas de saúde como infecções e inflamações.

Os pelos na virilha geralmente ficam cobertos e úmidos, devido as vestimentas usadas para cobrir a região. Com isso, o ambiente se torna ideal para a proliferação de bactérias e presença de mau cheiro. Manter as virilhas limpas e secas é uma recomendação médica.

Para as virilhas o ideal é fazer a remoção do excesso de pelos com a ajuda de cera quente. Isso devido ao fato de que se você raspar esses pelos, quando eles voltarem a crescer, suas pontas serão grossas e vão incomodar bastante, causando coceira e a sensação de que algo está te espetando.

Mulher com Excesso de pelos

Excesso de pelos em mulheres

O sexo feminino é o mais preocupado com o excesso de pelos, contudo essa não deve ser uma regra. Vimos que em alguns casos o excesso de pelos não é um problema apenas estético, mas de saúde. Dessa forma o cuidado pelo sexo masculino deve ser mantido também.

O excesso de pelos na face feminina é o que causa mais desconforto, algumas, por alterações hormonais ou outros fatores, desenvolvem pelos como os da face masculina, causando constrangimento e mal estar.

Especialistas na remoção de pelos, as mulheres podem adotar diversas maneiras de remoção, conforme o local. Os métodos passam por cremes removedores de pelo, lâminas de barbear, cera quente e até mesmo aplicação de laser para a solução definitiva do problema.

Hirsutismo

O hirsutismo é o nome dado ao crescimento desordenado de pelos nas mulheres, geralmente localizados em regiões em que o crescimento é natural aos homens. O crescimento excessivo de pelos geralmente ocorre no rosto, costas e peito das mulheres.

Essa desordem é crônica e pode durar por anos ou até mesmo a vida inteira, sendo o controle a melhor forma de atenuar o problema. O hirsutismo ocorre devido a um excesso de hormônio masculino na mulher e na maioria das vezes é diagnosticado pela própria pessoa.

Nesses casos apenas a remoção dos pelos não funciona como tratamento para diminuir a incidência do problema, é preciso procurar auxilio médico e medicamentoso. Existem medicamentos específicos para tratar do problema.

Uma das opções de remoção de pelos, apresentada anteriormente nesse artigo, pode ser a maneira mais eficiente de tratar essa desordem, o laser. Ele atinge o bulbo capilar, matando-o, evitando ou diminuindo assim o crescimento de novos fios.

Se não for um problema de saúde, que precise ser tratado, a presença de pelos não deve ser levada como um problema muito sério, ele é apenas estético. A decisão de ter-los ou não vai da sua vontade, portando se não te faz mal, não tem motivos para sofrer com isso.  

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *